terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Temporada 2011

A temporada 2011 foi marcante para o Club Sportivo Sergipe. Depois de 30 anos, o Mais Querido não estava mais sob a administração de Antônio Soares da Mota, o Motinha. Em 2010, ele e o vice Ramon Barbosa, foram afastados da presidência por 90 dias. Em seus lugares assumiram o presidente do conselho deliberativo, Ary Rezende, e seu vice Eraldo da Imaca. O processo na justiça foi movido por conselheiros do clube devido a indícios de irregularidades administrativas na gestão do então presidente. Em campo, o Sergipe por mais um ano ficou na fila, terminando a competição na terceira colocação e vendo o River Plate de Carmopolis faturar o Bicampeonato. O manto da temporada 2011, pela primeira vez era produzido pela Nakal, que caprichou no design e apresentou uma inovação: o escudo centralizado (foi a única vez que o escudo foi disposto dessa maneira no manto Colorado). O Uniforme titular era vermelho, com detalhes brancos que saiam da parte superior da gola e desciam até as axilas, calções brancos com detalhes vermelhos nas laterais e meiões brancos. O uniforme reserva era predominantemente branco, com os mesmos detalhes do conjunto titular em vermelho, calções vermelhos com detalhes laterais brancos e meiões vermelhos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Temporada 2005

Continuando com as postagens, em plena quarentena, hoje é a vez do uniforme usado na temporada 2005. Em 2005, o Campeonato Sergipano foi di...